O poeta

"Ser um poeta, nos tempos de faculdade, é uma boa experiência. Como era por mim esperado não tive o reconhecimento que um grande autor teria, nem divulguei meus poemas em salas de aula ou em quadros de aviso nos corredores da UESC. Mas tive muita satisfação com os poucos poemas que mostrei a meus colegas. Dedico a eles, este que se segue:"

Quero ser poeta
E recitar os meus poemas
Sem medo de críticas
Vaias e caras feias

Quero ser poeta
E perceber-me diferente
Andar no meio de gente
Com idéias loucas na cabeça

Falar com a mulher que amo
Sobre Guimarães, Graciliano e Fernando
E propalar as teses mais bobas
Tentando explicar o mundo

Quero sair do vazio do quarto
Distribuir os meus livros
Conversar com pessoas comuns
Dar e ouvir conselhos

Quero escrever poemas
Que acalmem os agoniados
Que conquistem as mulheres
E agradem aos que amam 
  
Eu quero é ser poeta
Famoso ou desconhecido
Ter um busto na praça
Ou um poema, guardado num simples caderno

Quero recitar meus poemas
E contar minhas teses pro mundo
Eu quero é ser o poeta
Que passa nos corredores

Bruno Sampaio
26-04-03
Visitem a nossa página no facebook e compartilhem as nossas postagens:
https://www.facebook.com/BlogCaixaDeFosforo
Gostou? Clique em curtir e compartilhe este poema com seus amigos no Facebook!

1 Comentário

centro de colaborações disse...

Bravo!
Muito bom ritmo - continue!

Abs de letras et cetera

Postar um comentário

Não deixe de curtir a nossa página no facebook com postagens exclusivas!

Que tal ser um parceiro e ver publicado aqui um texto ou um poema de sua autoria? Basta enviar um e-mail para bcfadigas@hotmail.com que eu postarei com prazer algum texto ou poema seu.
Gostaria de ver o seu blog entre os 'blogs que eu sigo'?É só deixar um comentário no post de sua preferência.